top of page

Dr. Oetker | Proposta patronal é rejeitada e trabalhadores já estão mobilizados para greve!

Nesta última sexta-feira (26) dirigentes do STILASP realizaram assembleia com os trabalhadores da empresa Dr. Oetker, do setor de doces e conservas.


A assembleia teve como objetivo falar como está o andamento das negociações do setor, que são coordenadas em nível estadual pela FITIASP.


Os trabalhadores e trabalhadoras sentem-se desvalorizados e, diante desta falta de respeito, rejeitaram a pauta patronal e deixaram o recado: “nós vamos para a greve”.


O patronal até tentou, mas nenhum trabalhador aceitará a proposta de reajuste de apenas 3,5%. Abaixo, confira os principais pontos da pauta sindical, defendida pelos trabalhadores:


- Reajuste salarial correspondente ao INPC de 3.83% + 2% (dois por cento) de aumento real

- Piso salarial de R$ 2.150,00 (dois mil cento e cinquenta reais)

- Cesta básica/Vale Alimentação no valor de R$ 450,00 (quatrocentos e cinquenta reais)

- Multa pela não elaboração do plano de participação nos lucros e resultados - PLR no valor correspondente a duas vezes os pisos da categoria

- Redução de jornada sem redução de salário de 44 para 40 horas semanais, de forma progressiva, ou seja, com a redução de 01 (uma) hora por ano, até chegar no ano de 2026 com a jornada de 40 horas semanais

- Implantação imediata de refeitório no local de trabalho ou vale-refeição negociado com as empresas, correspondente ao valor médio da refeição onde a empresa está localizada

- Homologações das rescisões contratuais no sindicato

- Demissão humanizada;

- Licença para pessoas vítimas de violência doméstica, nos termos da pauta de reivindicação enviada ao setor patronal

- Fornecimento de auxílio para compra de material escolar/uniformes para os pais com filhos em idade escolar, nos termos da pauta enviada, enquanto os filhos permanecerem na condição de dependentes

- Reembolso creche de 25% para 40%, com adequação à lei 14.457/22


O patronal já foi avisado, se amanhã (30) não houver uma proposta decente, que honre os trabalhadores e trabalhadoras, o estado de greve será certo.


Fortaleça seu sindicato!


Comments


bottom of page